Olive Tree Filmes

Introduction

Aprenda a criar vídeos tutoriais em 5 passos!

Aprenda a criar vídeos tutoriais em 5 passos!

Com a popularização das novas mídias e do acesso à internet, é cada vez mais comum que empresas dos mais variados portes e setores de atuação no mercado, invistam em produção de conteúdo audiovisual em suas estratégias de divulgação.

Afinal, houve um crescimento significativo no consumo de conteúdo, tanto educacional, quanto de entretenimento, por meio de plataformas como o Youtube, Vimeo e Instagram, por exemplo.

Isso significa que produzir material audiovisual, como forma para divulgar os produtos ou serviços de sua empresa, pode alavancar os resultados do negócio, garantindo sua presença de forma interativa e inovadora no âmbito digital.

Por isso, separamos um passo a passo para você criar vídeos tutoriais de qualidade. Continue a leitura para conferir!

1. Planeje o conteúdo de seu vídeo tutorial

O primeiro passo para produzir um conteúdo audiovisual de qualidade é, certamente, fazer um bom planejamento. Deve ser considerado os principais aspectos que serão abordados para elaboração de um roteiro.

Defina o objetivo do conteúdo

É preciso ter em mente sobre o que será o seu vídeo tutorial, pois ele pode ter os mais variados objetivos. Como por exemplo, um conteúdo educacional que é designado a ensinar o público-alvo a utilizar o produto que sua empresa comercializa, como meio de atrair mais consumidores.

Além disso, é possível produzir conteúdo sugerido por seus seguidores nas redes sociais para aumentar a interação e otimizar o seu engajamento com os usuários.

Estabeleça um padrão de qualidade

É importante que o conteúdo seja produzido por quem realmente domine o assunto, para que assim seja mantido um padrão de qualidade que atenda às expectativas de seus consumidores.

Além de, é claro, realizar uma produção bem-feita, com uma edição decente e uma captação de imagens em boa qualidade sonora e visual. Falaremos mais sobre isso adiante no artigo.

2. Conheça os formatos que podem ser trabalhados

Ao decidir criar vídeos tutoriais para o seu negócio, não significa, necessariamente, que todos os conteúdos precisam ser realizados no mesmo formato, não é verdade?

Como dissemos no tópico anterior, dependendo do objetivo de seu vídeo tutorial, você pode escolher um formato diferente. O importante é ter sempre em mente o público que você está direcionando o seu material.

Dentre os formatos que você pode trabalhar, podemos citar:

Screencast

Você já deve ter se deparado com vídeos tutorais que são registrados a partir da própria tela do computador do usuário em forma de vídeo.

Esse tipo formato é muito útil quando o que você quer evidenciar é um procedimento realizado pelo PC, como a instalação de um software ou suas funcionalidades, por exemplo.

Animação

Animações são vídeos desenvolvidos por meio de técnicas de produção específicas, envolvendo formatos como:

  • stop motion;
  • fluxogramas;
  • desenhos animados;
  • animação em 3D.

Geralmente, são destinadas a apresentar informações de forma mais dinâmica e interativa ao público, facilitando o entendimento do conteúdo.

Videoaula

É o clássico formato em que há um tutor que interage diretamente com o público, explicando o conteúdo de forma didática e intuitiva para os expectadores.

O que considerar em cada formato?

  • edição;
  • produção;
  • materiais e equipamentos disponíveis;
  • qualidade (resolução) do vídeo.

Por exemplo, a ideia de produzir um stop motion pode ser fantástica no roteiro, mas sem os equipamentos necessários, colocá-la em prática pode gerar resultados muito diferentes do que você almeja.

3. Escolha os equipamentos que serão utilizados

Agora que você já tem um roteiro bem elaborado e o formato em mente, o próximo passo para criar vídeos tutoriais de qualidade é a escolha dos equipamentos necessários.

Basicamente, você precisará de:

  • uma câmera digital (com cartão de memória) para captação do vídeo;
  • um microfone para captação do áudio;
  • uma iluminação adequada.

Não é necessário adquirir um equipamento profissional, mas é preciso que, ao menos, ele possibilite uma ótima qualidade para os seus vídeo tutoriais.

Vale ressaltar, ainda, que muitos celulares oferecem recursos de gravação tão avançados que podem ser utilizados até mesmo na criação de vídeos profissionais.

Como adquirir os equipamentos para agilizar a produção?

Você pode optar por alugar o equipamento com empresas especializadas, caso queira reduzir os seus custos de produção.

Outra opção interessante, é terceirizar a produção de seu vídeo tutorial com uma equipe de profissionais qualificados e experientes. Dessa forma, é possível assegurar que os melhores resultados sejam obtidos.

4. Edite o seu conteúdo

Nesta etapa, se você não puder contar com alguém que tenha conhecimento em edição, é muito importante considerar a contratação de um editor de vídeos profissional. Como citamos no tópico anterior, o resultado final depende, em grande parte, de uma edição bem-feita.

Caso o orçamento não cubra um profissional, você pode contar com uma infinidade de dicas e tutoriais muito úteis pela internet, que podem oferecer auxílio na hora de editar o seu vídeo.

Quais ferramentas utilizar na edição do vídeo?

  • Adobe Premiere: popular entre editores profissionais ou amadores com alto nível de conhecimento, pois oferece os melhores recursos de edição, além de exportar arquivos nos mais variados formatos, compatíveis com outros softwares da Adobe;
  • Sony Vegas: muito utilizado, tanto por editores experientes, como por amadores com nível intermediário em edição, por oferecer uma interface intuitiva e recursos avançados, além de permitir exportação em variados formatos e resoluções como Full HD e 4k;
  • Windows Movie Maker: é o programa de edição mais básico do mercado e, geralmente, vem instalado na própria máquina. Oferece recursos simples e é indicado apenas para usuários leigos, ou em casos de edições minimalistas.

5. Saiba onde divulgar o seu material

Após criar vídeos tutoriais e obter o resultado desejado, é a hora de divulgá-los. Para isso, é preciso hospedar o vídeo em uma plataforma adequada, como o YouTube, Vimeo, ou até mesmo em um site especializado (caso queira vender o material), por exemplo.

Você precisa focar na divulgação do conteúdo para que o público ideal seja atraído. Para tanto, é necessário ter sua persona bem definida, uma vez que você precisa saber em quais mídias direcionar suas ações para atingi-la.

Você pode, por exemplo, investir em ações de marketing digital para impulsionar o poder de alcance de seus vídeos tutoriais, por meio de:

  • e-mail marketing;
  • anúncios pagos;
  • redes sociais;
  • blogs;
  • plataformas para venda de infoprodutos.

Como citamos nesse artigo, antes de criar vídeos tutoriais ou qualquer procedimento relacionado, é importante sempre ter em mente seu objetivo e o público-alvo que seu conteúdo será direcionado.

Gostou do passo a passo para criar vídeos tutoriais? Então, que tal compartilhar nas suas redes sociais e dar essas dicas aos seus amigos?

0 comments on “Aprenda a criar vídeos tutoriais em 5 passos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: