Olive Tree Filmes

Introdução

Como falar bem no vídeo corporativo?

Como falar bem no vídeo corporativo?

Não é mais um segredo: o vídeo é o formato essencial para qualquer estratégia de comunicação digital. Essa é uma tendência que muitas empresas e organizações já estão aproveitando, principalmente em suas comunicações internas ou externas.

Web-série, clipes promocionais, retratos de funcionários… longe dos modos ‘tradicionais’ de divulgação, os vídeos corporativos dinâmicos são uma maneira eficaz de promover a imagem da marca de uma empresa através de conteúdo audiovisual impactante.

No entanto, criar um vídeo de destaque e engajar não é tarefa fácil, e várias etapas são necessárias para tirar o máximo dele.

Bem, isso é muito útil, e este artigo está aqui para ajudá-lo a fazer exatamente isso. Continue lendo algumas práticas recomendadas e dicas para criar um vídeo corporativo que deslumbrará seu público de comunicação corporativa.

O que é exatamente um vídeo corporativo?

Antes de entrar no assunto propriamente dito, vamos levar alguns segundos para definir o termo “vídeo corporativo” que parece aparecer em todos os lugares hoje em dia.

Estritamente falando, um vídeo corporativo é uma ferramenta de comunicação corporativa que visa transmitir e promover o universo de uma marca, empresa, associação, instituição pública ou organização.

Com uma evidente capacidade de dar vida nova às comunicações profissionais, um vídeo corporativo opera através das virtudes da confiança e da transparência, destacando o know-how da sua empresa, sua identidade, cultura, história única, pessoal e seus valores fundamentais.

Basicamente, criar um vídeo corporativo (ou ‘vídeo institucional’) é mostrar a alma da sua empresa e fazer de suas diferenças uma força. Nesse sentido, o vídeo corporativo deve ser resolutamente humano e único, ao mesmo tempo em que se unifica em torno de princípios compartilhados.

Para quem é um vídeo corporativo?

Tudo depende de seus objetivos e da mensagem que você quer transmitir aos seus stakeholders. De um modo geral, você pode estar lidando com dois públicos-alvo principais:

Para comunicações internas: neste caso, o vídeo é usado para transmitir uma mensagem de forma atraente dentro da sua empresa. É, portanto, voltado para as pessoas que trabalham lá — seus funcionários. Os objetivos? Desenvolver um senso de cultura da empresa, destacar seus melhores talentos, agilizar a comunicação entre os colegas e criar uma verdadeira coesão na força de trabalho.

Para comunicações externas: aqui, um vídeo corporativo seria direcionado aos seus parceiros profissionais, acionistas e fornecedores, mas também às suas perspectivas e potenciais candidatos. A ideia? Para melhorar a marca empregadora, atrair novos talentos, aumentar o engajamento entre seus funcionários… e gerar leads ajudando seus potenciais clientes a conhecê-lo melhor.

As regras de ouro de um grande vídeo corporativo

Lá vai você, a ideia de criar seu próprio vídeo corporativo é inspiradora e você está se sentindo pronto para dar o mergulho no mundo da comunicação corporativa.

Espere apenas alguns minutos! Antes de começar a filmar seu sucesso corporativo, tenha em mente essas 4 regras de ouro para tornar o vídeo um ativo de comunicação eficaz, de modo que você irá falar bem no momento da gravação. Confira agora mesmo!

1. Ideia

Esta é certamente a regra mais decisiva no sucesso do seu conteúdo audiovisual: um vídeo corporativo eficaz deve comunicar uma única mensagem. Nem dois, nem três… apenas uma!

Por que? Porque se você tentar abordar vários temas dentro do mesmo vídeo, você corre o risco de perder a atenção do seu público-alvo e causar uma sobrecarga de informações.

Por outro lado, ao abordar apenas um tema em seu vídeo, você certamente trará uma resposta clara e inteligível que atenderá a um objetivo preciso, sem colocar sua mensagem emaranhada. Isso aumentará suas chances de criar um filme corporativo envolvente que alcançará maior visibilidade online.

Moral da história: se você tem 20 mensagens para transmitir, é melhor dividi-las em 20 vídeos separados.

2. Conte sua história

“Era uma vez, minha companhia…” Com uma estrutura narrativa, seu vídeo corporativo se torna imediatamente mais cativante, certo?

Além disso, você aumenta suas chances de manter o espectador na beira do seu assento até o final do vídeo, reproduzindo ao seu gosto por uma boa história. Porque, sejamos honestos, quem não ama uma boa história?

Contar histórias tem o poder inerente de tornar sua mensagem mais forte, mais impactante e mais fácil de lembrar.

Mude da sensação pesadamente roteirizada — às vezes até robótica — de um vídeo corporativo clássico para um tom mais descontraído e offbeat. Um pouco mais de frio, cara. Autenticidade é tudo hoje em dia, e nada é mais desanimador para os telespectadores do que um sorriso inclinado que diz “Eu já pratiquei essas linhas 1000 vezes.”

Sua mensagem roteirizada deve ser honesta e refletir sua identidade de marca. Idealmente, você deve usar vídeos e fotos da sua empresa, seus funcionários, seus clientes, entre outros.

Se você não tem nenhuma de suas próprias mídias disponíveis, você sempre pode usar fotos ou vídeos da biblioteca de ações. Neste caso, tente encontrar fotos e vídeos com uma sensação mais natural sobre eles. Seja autêntico e mantenha-o real!

3. Adicionar música

É um fato: seus espectadores devem ser capazes de assistir e entender seu vídeo sem som. No entanto, não se esqueça do poder da música!

Despertar as emoções do seu público é fundamental, e uma trilha sonora bem selecionada pode realmente definir o tom para o seu vídeo corporativo e reforçar a coesão de sua mensagem.

Opte por um jingle introdutório e de encerramento, ou adicione algumas melodias instrumentais de fundo para animar seus curtas-metragens.

Dependendo do seu orçamento, você pode:

-Contratar um músico profissional ou pague uma licença para obter música original.

-Usar música gratuita de direitos autorais para uso comercial, listada em sites.

4. Integrar legendas

Se seu objetivo é criar um vídeo viral ou oferecer conteúdo poderoso aos seus colegas, você tem todo o interesse em inserir texto ou legendas que enfatizem as principais mensagens do vídeo.

Você também pode adicionar telas de transição que incluem as perguntas da sua entrevista, por exemplo: elas definem o ritmo do vídeo e fornecem uma estrutura útil para o seu público seguir.

Seu impacto de engajamento social vai subir como um foguete!

Gostou desse artigo? Entre em contato conosco agora mesmo!

Artigos Relacionados

0 comentário em “Como falar bem no vídeo corporativo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *