Olive Tree Filmes

Introdução

Guarde estes 10 termos técnicos usados na produção de vídeo

Guarde estes 10 termos técnicos usados na produção de vídeo

Como em qualquer projeto, o desenvolvimento de um conteúdo audiovisual é uma tarefa trabalhosa, que requer muito planejamento, dedicação e comprometimento de todos os envolvidos.

Para que toda a equipe consiga se comunicar de forma eficiente e o trabalho seja produzido com agilidade, existem termos específicos, utilizados por profissionais do setor, que ajudam a otimizar a comunicação.

Por isso, separamos 10 termos técnicos comumente usados na produção de vídeo que você precisa conhecer. Continue a leitura do conteúdo para conferir!

1. Produção

Produção, basicamente, é o processo de realização de um conteúdo de vídeo, seja um filme, esquete ou propaganda, partindo da ideia inicial de uma história escrita em um roteiro.

Com muito planejamento e organização, uma produção de vídeo pode acontecer em qualquer lugar do mundo, utilizando os mais variados equipamentos e tecnologias.

Dentre as principais fases de uma produção, podemos citar:

  • criação do roteiro;
  • storyboards;
  • planejamento;
  • organização da equipe técnica;
  • escolha do casting;
  • preparação do set (background);
  • edição de vídeo;
  • pós-produção.

Depois que o material está pronto, é a hora de promovê-lo e distribuí-lo para o público.

2. Edição de vídeo

É o processo em que as imagens gravadas são cortadas e organizadas na sequência em que o material deve ser apresentado. É na edição de vídeo que as tomadas que serão utilizadas são escolhidas.

A ordem das tomadas e o tempo de duração do vídeo variam mediante a forma narrativa visual, o ritmo e o público a quem o conteúdo é destinado. Além disso, os efeitos especiais, legendas e a trilha sonora também são inseridos na edição.

3. Briefing

Briefing é o conjunto de ideias e informações que farão parte de toda a comunicação, servindo para orientar o trabalho da equipe e sua compreensão do projeto. Podemos afirmar que ele é a matéria-prima para criar o roteiro de uma produção de vídeo.

Nele, será especificado o conceito do produto a ser desenvolvido, para qual público-alvo ele se destina, dentre outros aspectos importantes para a produção. Alguns questionamentos servem para guiar o briefing como:

  • qual o público-alvo;
  • qual o problema a ser resolvido;
  • qual o objetivo principal do vídeo.

Além disso, ele contém análises relevantes sobre o mercado e o cronograma.

4. Casting

Casting é um termo abrangente, utilizado tanto por profissionais de comunicação, marketing e até mesmo no setor de moda. Trata-se do processo para selecionar as pessoas que atuarão no vídeo, propaganda, evento ou conteúdo específico.

Em outras palavras, é a escolha do elenco — que pode ser composto por modelos, atores, promotores, coordenadores etc.

Esse trabalho pode ser realizado por agências de modelos, produtoras de vídeo, estúdios, agências de marketing, entre outras empresas.

5. Roteiro

É uma das etapas mais importantes de uma produção de vídeo, pois é nesse documento que a narrativa é decidida como diretriz para todo o trabalho a ser realizado, seja um filme, programa de TV, animação ou vídeo.

Em um roteiro devem estar inseridas informações sobre imagem e áudio, como:

  • ângulos;
  • enquadramentos;
  • movimentos de câmera;
  • iluminação;
  • trilha sonora;
  • efeitos audiovisuais.

Além disso, o roteiro também pode conter diálogos e dar direcionamentos para a entonação, sentimentos e reações do personagem, com marcações como “surpreso”, “alegre”, “ríspido” etc.

6. Direção de arte

Basicamente, a direção de arte é o departamento responsável por dar o tom do filme. Ou seja, é a direção de arte que constrói a realidade de um contexto para ser gravado, sendo responsável pela criação da unidade visual e a sua execução.

A identidade visual do projeto está completamente relacionada ao universo em que o personagem da história que será contada está inserido. Suas nuances e definições são criadas no decorrer do processo criativo, obviamente, em conjunto com outros setores.

7. Pós-produção

É a etapa da produção de vídeo que ocorre depois que o material foi gravado. De forma simplificada, é na pós-produção que ocorre a edição, inserção de efeitos especiais, trilha sonora, locução, entre outros componentes.

8. Background

Não é incomum que background seja um termo utilizado para se referir aos sons em um roteiro. Entretanto, também é muito utilizado quando o assunto se refere ao cenário e outras inserções.

Resumidamente, o background é tudo aquilo que se encontra no fundo da cena, tendo menos destaque em relação a outros elementos.

Por isso, uma música em background é, por exemplo, aquela que se ouve apenas ao fundo, para que elementos como a voz dos atores sejam destacados. A mesma ideia se aplica ao visual, em que uma cena visa valorizar os atores e a paisagem, ao fundo, seja apenas parte do cenário.

9. Iluminação

A iluminação é composta por um conjunto de processos, por isso vamos explicar apenas dois deles para facilitar o entendimento.

Key Light ― Luz Principal

É a luz principal de uma cena. Seu propósito é destacar a forma e as dimensões dos personagens.

Diversos equipamentos servem para auxiliar, otimizar ou direcionar tanto o foco, como a intensidade e a cor das luzes, para que diferentes resultados sejam alcançados, dependendo de qual seja o propósito do material.

Uma soft-box, por exemplo, é um dispositivo que, quando encaixado em torno da luz, pode difundi-la, ou seja, torná-la mais suave, evitando a “luz dura” focada diretamente nos atores ou objetos em cena.

Fill Light ― Luz de Enchimento

Em palavras simples, é a luz secundária. É uma fonte de luz utilizada para atenuar as sombras mais acentuadas de uma cena produzidas pela Key Light ou, até mesmo, para reduzir os contrastes da cena.

A luz de enchimento deve ser posicionada próxima à câmera, mais ou menos na altura da objetiva, tendo uma luz suave (com cerca de metade da potência da luz principal).

10. Mixagem

Finalmente, vamos falar sobre um termo utilizado para se referir ao áudio de uma produção de vídeo. Mixagem é a combinação de duas trilhas sonoras ou mais, sincronizadas, para que se obtenha uma única trilha.

As trilhas podem ser gravadas em um estúdio ou ao vivo. Elas também podem ser compostas por vozes, locutores, ruídos de plateia ou diferentes instrumentos.

É no processo de mixagem que o balanceamento dos volumes de cada componente, que foi previamente gravado, é realizado. Além do equilíbrio dos timbres entre eles, por meio de efeitos e equalização de som.

Agora que você já conhece os principais termos usados na produção de vídeo, aproveite para seguir as nossas redes sociais e acompanhar mais conteúdos exclusivos! Estamos no FacebookGoogle+YoutubeVimeoLinkedin e no Twitter!

1 comentário em “Guarde estes 10 termos técnicos usados na produção de vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *