Olive Tree Filmes

Introdução

O que é storytelling e como usá-lo em vídeos corporativos?

O que é storytelling e como usá-lo em vídeos corporativos?

Quando bem utilizado, o storytelling pode ser uma ótima ferramenta de persuasão para vídeos corporativos. A técnica consiste em criar histórias relevantes, que ajudem a aproximar a marca do público com um apelo um pouco mais emocional.

Contar histórias sempre fascina quem está do outro lado, envolve, ajuda a criar uma conexão e a chamar a atenção para o que você quer mostrar. Os vídeos, por si só, são mais dinâmicos e mais atrativos. 

Imagine unir o storytelling aos vídeos? Saiba como a técnica funciona, quais os diferentes estilos e por que aplicá-la na produção de conteúdo audiovisual. Boa leitura!

O que é storytelling?

O que é storytelling e como usá-lo em vídeos corporativos?

Em poucas palavras, storytelling é a arte de contar histórias, mas quando aplicada ao contexto de uma marca, ela se torna uma técnica de comunicação e segue uma narrativa um pouco diferente do tradicional, usada em filmes e livros. 

O papel do storytelling em vídeos corporativos é contar uma história capaz de passar uma mensagem com alto nível de engajamento. Seu foco é influenciar pessoas e levá-las a tomar uma ação específica, seja para entrar em contato com uma empresa ou comprar um produto.

Quais são os tipos de storytelling utilizados em vídeos?

No contexto de marca, que segue o apelo da publicidade para apresentar uma empresa ou vender um produto/serviço, existem alguns tipos de storytelling utilizados com frequência por quem aposta na técnica, principalmente aplicada em vídeos.

Se você conhece a jornada do herói, a estrutura de histórias criada por Joseph Campbell no livro “O Herói de Mil Faces”, sabe que ela é aplicada em filmes, livros e também na publicidade. Este fluxo está diretamente ligado aos tipos de storytelling: 

Superação

Histórias de superação são as que mais encantam e podem ser utilizadas para mostrar o quanto uma marca se destaca em seu nicho de atuação. Um bom exemplo desse tipo de storytelling vem da Apple com o retorno de Steve Jobs.

Renascimento

Outro tipo de história que cativa é aquela que mostra que sempre é possível recomeçar, não importa quais são as adversidades pelo caminho. O roteiro pode funcionar bem em projetos de rebranding ou em resposta a momentos de crise.

Aventura

A aventura também costuma ser um bom artifício para mostrar os lançamentos de uma marca, sempre em busca de melhorias para surpreender o consumidor e de excelência para se tornar uma referência naquilo que faz. 

Combo: tragédias e comédias

Aqui, entram dois contextos distintos, na alegria e na tristeza, os dois sentimentos funcionam bem para prender a atenção do espectador, principalmente em vídeos. Para deixar o conteúdo mais leve, as marcas exploram formas engraçadas de resolver adversidades pelo caminho.

O que é storytelling e como usá-lo em vídeos corporativos?

Por que usar a técnica em vídeos corporativos?

O storytelling em vídeos corporativos pode ser utilizado como uma ferramenta de persuasão poderosa para transmitir e despertar emoções, criar vínculos com a marca e passar valores, chamar a atenção do cliente para um produto/serviço e cultivar um relacionamento.

Vídeos já engajam sozinhos, mas com a ajuda de uma boa história, são capazes de cativar ainda mais e aproximar o consumidor da sua marca. Quer saber mais? Veja como criar vídeos institucionais incríveis através do storytelling.

Artigos Relacionados

0 comentário em “O que é storytelling e como usá-lo em vídeos corporativos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *