Olive Tree Filmes

Introdução

O que é e para que serve uma universidade corporativa?

O que é e para que serve uma universidade corporativa?

Universidade corporativa. Você já ouviu falar nesse termo? Não? Pois saiba que a cada ano cresce o surgimento das universidades corporativas no nosso país.

Uma universidade corporativa tem funcionamento e objetivos bastante específicos e, por isso mesmo, diferencia-se de uma universidade comum, tradicional.

O que é uma universidade corporativa na prática?

Conforme você já deve prever pelo próprio nome, uma universidade corporativa, ou UC, é uma espécie de centro de estudos instalado numa corporação, numa empresa. O centro de estudos pode funcionar na modalidade presencial, com dias e horas marcados para as aulas, ou on-line.

O que é e para que serve uma universidade corporativa?

De modo geral, as universidades corporativas são mecanismos utilizados por várias empresas, em especial as de grande porte, para capacitar seus funcionários continuamente, portanto é possível afirmar que as universidades funcionam como uma ferramenta de desenvolvimento de competências e habilidades.

O preceito de uma universidade corporativa nasceu como nascem muitas coisas: a partir de uma necessidade. Por conta da necessidade sempre constante de capacitação e adaptação a novos tempos e demandas, percebeu-se que apenas treinamentos pontuais não eram mais suficientes para dar conta da carência de formação e informação existentes nas instituições.

Dessa forma, algumas empresas notaram que a melhor maneira de resolver esse problema, promovendo formação ou reciclagem de qualidade a seus colaboradores, era instituir um centro de ensino dentro do próprio local de trabalho.

Assim, surgem as primeiras universidades corporativas, com um foco totalmente na capacitação para uma determinada atuação ou para o desenvolvimento de habilidades que estejam atreladas ao ofício do colaborador ou da equipe como um todo.

No Brasil, segundo as últimas pesquisas da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) dão conta de apontar que a média de horas investidas em capacitação dos colaboradores é de 22 horas por ano.

Países desenvolvidos investem em capacitação e formação pelo menos 38% a mais de horas quando comparados à média brasileira.

Algumas vezes, por uma questão logística e organizacional, a universidade corporativa não se instala exatamente dentro da empresa em questão, mas se estabelece por meio de parcerias com outros centros de ensino terceirizados, porém mantendo-se os mesmos objetivos.

Como funciona uma universidade corporativa?

Na verdade, não há um padrão de funcionamento para as universidades corporativas, uma vez que cada uma delas estará alinhada às necessidades da empresa em questão, mas há alguns pontos que são semelhantes.

Como funciona uma universidade corporativa?

Frequentemente, as universidades corporativas oferecem várias opções de curso. Quando os cursos acontecem presencialmente (na empresa ou em um centro terceirizado), o comum é que se aborde um tema por vez, outro tema só será assunto do curso quando o tema anterior tiver sido encerrado.

Mas, como estratégia de facilitação, várias empresas têm adotado plataformas on-line para criarem suas universidades corporativas, sendo assim a organização dos conteúdos tende a ser diferente.

Cada aluno/colaborador pode personalizar seus estudos na universidade, ordenando os conteúdos da forma que lhe for mais conveniente. As disciplinas também podem ser acessadas em qualquer momento.

Universidades corporativas estão adotando conceitos da aprendizagem adaptativa, que é aquela que permite que o aluno pule conteúdos que ele já domina e possa assim avançar para tópicos novos, sem a necessidade de seguir uma ordem fixa.

Leia mais sobre aprendizagem adaptativa em nosso blog.

Para garantir a eficácia dos projetos, muitas empresas reservam algumas horas semanais dentro da carga horária de trabalho para que os colaboradores cursem as disciplinas da universidade corporativa. Já outras optam por pagar um determinado percentual de horas extras para que os funcionários façam os estudos em suas casas, desde que cumpram certo de número de horas de dedicação por mês. 

Os cursos das universidades corporativas são divididos em três principais eixos:

– Conhecimentos;

– Habilidades;

– Atitudes.

A cada colaborador, são destinados os cursos que possuem aplicabilidade à sua área de atuação na empresa.

O número de cursos mínimo a ser cumprido e as horas de dedicação semanais ou mensais comumente são determinados pela empresa e podem variar bastante de acordo com os objetivos de cada instituição.

Muitas universidades corporativas concedem certificados de conclusão dos cursos (que costumam ser válidos apenas dentro da própria empresa em que o colaborador está). Por essa razão, há médias a serem alcançadas e testes diversos a serem feitos ou entregues.

Benefícios das universidades corporativas

O primeiro benefício direto das universidades corporativas evidentemente é a melhoria no nível de capacitação e desenvolvimento dos colaboradores. Com a melhoria da capacitação e do desenvolvimento dos colaboradores, a produtividade também é positivamente afetada, gerando maiores e melhores resultados para empresa de modo geral.

É possível dizer que a universidade corporativa é duplamente útil, pois beneficia os colaboradores bem como beneficia a própria empresa que oferece e patrocina a universidade.

Benefícios das universidades corporativas

Há, portanto, um ciclo: a empresa oferece capacitação por meio da universidade – o funcionário se capacita por meio da universidade – a empresa cresce por meio dos resultados do funcionário.

Manter uma universidade corporativa também moderniza os processos de treinamento e faz com que eles sejam contínuos, o que permite um realinhamento constante, sempre atrelado às reais necessidades da empresa e às exigências do mercado.

É muito importante que a empresa, antes de tudo, avalie a real necessidade de se implantar uma universidade corporativa, pois o investimento em torno da implantação é bastante expressivo.

As universidades corporativas só produzem efeito real se houver uma mudança na forma de se enxergar o conhecimento dentro da empresa. Quanto mais a empresa valorizar o conhecimento e a capacitação, maiores serão os resultados da universidade corporativa.

É preciso também que haja total coerência entre os cursos oferecidos pela universidade corporativa e as necessidades da empresa e do mercado de atuação da instituição. Por esse motivo, é imprescindível que haja avaliações constantes do quadro de colaboradores e intensa atualização sobre as características do segmento da empresa.

Muitas universidades corporativas fornecem aos gestores de área métricas mensais, semestrais ou anuais que demonstram o nível de melhoria dos colaboradores que integram a universidade. Essa é também uma forma de validação do trabalho realizado pela universidade.

Fique por dentro de mais assuntos sobre negócios e mundo digital lendo os outros textos de nosso blog. É só acessar!

Veja também: 5 Razões para Desenvolver um Treinamento Online para Sua Empresa

Artigos Relacionados

0 comentário em “O que é e para que serve uma universidade corporativa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *