Olive Tree Filmes

Introdução

Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Se você está considerando produzir vídeos para o seu negócio ou para um projeto pessoal, precisa entender que existem diversos cuidados específicos que devem ser tomados com um assunto muito delicado: a iluminação.

Responsável tanto pelo sucesso como pelo fracasso de uma produção, ela é capaz de demonstrar toda a experiência — ou a falta! — por parte dos profissionais envolvidos, afetando a visualização do conteúdo e impactando negativamente na opinião dos espectadores.

A ausência de técnica e de ferramentas eficientes na iluminação para vídeos pode comprometer a compreensão do material e torná-lo precário. Por isso, no artigo de hoje mostraremos a importância de investir nesse ponto tão importante e como ele pode dar vida aos seus vídeos, quando realizada corretamente. Continue a leitura do conteúdo para conferir!

Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Por que a iluminação é um fator importante na produção de vídeos?

Não adianta ter um roteiro muito bem escrito, as melhores câmeras do mercado e ótimos equipamentos de captação de áudio se a iluminação não permitir que as pessoas vejam o seu vídeo — seja por falta, excesso ou má distribuição de luz. Isso significa que, aqui, investir na qualidade é um dos fundamentos para a produção de um conteúdo bem feito.

Acreditar que é um mero capricho relacionado a questões estéticas é um pensamento equivocado, pois ela é responsável até mesmo pela compreensão do conteúdo segundo a visão do espectador a quem ele é destinado. Consequentemente, pode interferir em seu índice de audiência e sua credibilidade.

Dentre os aspectos sobre os quais a iluminação para vídeos exerce influência direta podemos citar:

A tonalidade da comunicação do vídeo

Você já deve ter notado que em comerciais de produtos de saúde e estética há uma iluminação concentrada, aliada a cores claras e agradáveis como azul, branco e verde claro, correto?

Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Assim como também já deve ter percebido que os filmes de suspense e terror têm algo em comum: a baixa luminosidade e os ambientes escuros.

Pois bem, esses fatos não são coincidência, mas sim técnicas comumente utilizadas para dar o tom da linguagem que o conteúdo deseja utilizar, conforme o público-alvo do produto.

Entretanto, vale lembrar que fazer uma boa iluminação não é sinônimo de simplesmente apontar todas as suas luzes na intensidade máxima para uma direção e gravar o objeto que está sendo focado. Falaremos mais sobre isso adiante.

O destaque das cores e texturas

A psicologia das cores é utilizada há décadas pelas indústrias de entretenimento e publicidade, já que cada cor é responsável por ativar determinada área no cérebro humano, estimulando um sentimento específico e elevando a efetividade da mensagem.

Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Mas isso não se resume a apenas aplicar elementos coloridos na cena como as roupas dos atores ou objetos de fundo.

Nesse quesito, podemos afirmar que a iluminação tem um papel importante, sendo capaz de acentuar as paletas de cores utilizadas no projeto, dando mais vida à linguagem do material.

O direcionamento de atenção

Um exemplo clássico e simples de como a iluminação é capaz de direcionar a atenção do público é o esquema de luzes do teatro. Se você já assistiu a uma peça, deve ter notado que, principalmente nos diálogos dos personagens, todo o fundo do cenário é obscurecido enquanto as luminárias focam no ator que está protagonizando a cena.

O mesmo conceito se aplica à produção audiovisual, pois para dar ênfase a um objeto ou ator, é necessário direcionar a luz para ele. Além disso, ao reduzir o foco sobre outros objetos chamativos no enquadramento, você desvia o olhar do público para os pontos mais claros da cena.

Vale ressaltar, ainda, que investir na qualidade do projeto de luz é uma tarefa que refletirá no resultado final de seu projeto, podendo gerar mais engajamento e audiência por parte do espectadores.

Tipos de iluminação para vídeos

Se você está iniciando neste meio ou se está apenas em busca de informações para fazer um vídeo de qualidade para a sua empresa ou projeto, fique atento às próximas dicas.

Luz externa

Por incrível que pareça, uma das fontes mais ricas de iluminação é a própria luz do sol. Poder contar com a luz externa em suas produções é um grande privilégio que deve ser valorizado, já que apesar de natural, ela otimiza a qualidade de suas cenas.

Lembrando que é preciso ter experiência para trabalhar com a luz externa, pois o fato de não podermos controlá-la, faz com que seja comum a ocorrência de oscilações bruscas, dependendo da intensidade e posição do sol, horário do dia, quantidade de nuvens no céu, entre outros fatores variáveis.

Para resumirmos, não é indicado contar exclusivamente com a luminosidade natural. Ela pode te dar mais trabalho do que soluções na hora da edição, fazendo com que seu planejamento vá por água abaixo. Portanto, tenha sempre um plano B.

Luz interna

Falando em plano B, a iluminação interna, apesar de artificial, oferece o grande benefício de ser controlável e, quando se tem os equipamentos certos em mãos, pode proporcionar mais uniformidade e qualidade em seus vídeos.

A luz interna, de forma simplificada, é a gerada artificialmente por equipamentos. Com ela, não há risco, por exemplo, de o sol se intensificar durante a gravação de uma tomada e estragá-la deixando-a “estourada”.

Por meio da luz interna é possível fazer todas as preparações com antecedência, descartando qualquer preocupação com oscilações de iluminação. Isso é muito importante, principalmente se você não pretende gastar muito tempo fazendo ajustes de sombra e brilho na hora de editar todo o material.

Vale a pena misturar os dois?

Se você não tiver muita experiência, não tente misturar a luz interna com a externa, pois as câmeras não captam somente a intensidade da luz da cena, mas também a sua temperatura.

Considerando que a iluminação externa tem uma temperatura muito diferente da interna, isso pode acabar resultando em efeitos negativos na cena, de modo que demonstre falta de profissionalismo no conteúdo final, além de aumentar o trabalho do editor, é claro.

Quais equipamentos utilizar?

Para finalizarmos o conteúdo de hoje, não poderíamos deixar de citar os principais equipamentos que você precisará em sua produção de vídeo, não é verdade?

Dentre eles, podemos citar:

Softbox

Sua função é gerar uma luz difusa e suavizar a intensidade da iluminação. O equipamento é leve, simples de se montar e comumente utilizado em conjunto com luminárias e equipamentos de luz profissional.

Sungun

Como o próprio nome já deixa claro, é um equipamento com alta intensidade de luz, capaz de fornecer luminosidade de maneira uniforme para todo o cenário. Sua tonalidade é amarelada, mas pode ser alterada com o auxílio de filtros de cores.

Ring light

Trata-se de uma luz fluorescente em forma circular que deve ser posicionada nas laterais da câmera. Muito utilizada quando o objetivo é destacar um objeto ou ator em cena. Ela também é capaz de iluminar de maneira uniforme e difusa, sendo indicada para evidenciar detalhes em cenas.

Rebatedor

Esse equipamento é muito útil tanto em tomadas externas quanto internas, já que permite direcionar a luz de modo natural e suave. Além disso, ele pode ser improvisado com placas, sombrinhas, espelhos e outros materiais básicos.

Agora que você já conhece os principais motivos para se preocupar com a iluminação para vídeos, compartilhe este conteúdo com os seus amigos e familiares nas redes sociais! Estamos no FacebookYoutubeGoogle+TwitterVimeo e no Linkedin!

0 comentário em “Por que devo me preocupar com a iluminação para vídeos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: