Como conectar aos servidores de Streaming: Facebook, YouTube e Vimeo

Olá, sejam bem-vindos, eu sou Silas Oliveira.

E se acontecer de um cliente pedir para que você faça a transmissão ao vivo de um evento, com mais de uma câmera? Existem várias formas de você fazer isso, e diversos equipamentos que você pode utilizar para que o seu projeto possa acontecer multi-câmera.

Eu lembro de quando eu fiz minha primeira transmissão ao vivo com mais de uma câmera, ou seja, a minha primeira transmissão multiplicada. Por volta do ano, entre 2005/2006, quando uma empresa em Los Angeles me convidou para que eu pudesse fazer a cobertura de um show musical, e também a transmissão ao vivo. Durante esse processo de desenvolver melhor essa técnica de usar mais de uma câmera durante a transmissão, eu tive algumas dificuldades. Uma delas, era em relação ao equipamento daquela época. As câmeras utilizavam uma porta, com nome firewire, que era mais comum. Você encontrava essa porta no computador, e você tinha essa porta também lá na câmera. Então, você ligava um cabo direto na câmera. Apesar de parecer muito prático, tinha problema da distância, tinha questão do cabo que era sensível, as configurações eram bem complicadas, para você obter a imagem, o software para que mixar, e tudo mais.

Ao longo do tempo, essa tecnologia mudou. Hoje, nós dependemos de placas de captura, assim como a nós temos uma aula específica a respeito de placa de captura. Para que eu possa fazer uma transmissão multi-câmeras, eu também vou precisar de placas de captura, ou utilizar um switcher físico. Ele vai permitir que você possa fazer a escolha de cada câmera, e enviar um sinal para sua placa de captura. Assim você precisa somente de uma placa de captura. Mas caso você queira fazer essa troca de câmeras, dentro do próprio computador que irá fazer a transmissão, aí você precisa então, de várias placas de captura.
O processo de transmissão multi-câmera, requer um pouco mais de atenção e cuidado, para que você possa realizar a sua transmissão com sucesso. Quando você faz uma transmissão com apenas uma câmera, você tem a preocupação de manter aquela transmissão acontecendo. Ou seja, vai a parte do tempo você vai estar
concentrado em garantir que tudo está funcionando, e que a transmissão está sendo enviada para o seu servidor que vai fazer toda a distribuição.
Quando você tem uma transmissão multi-câmera, sua atenção vai ficar mais voltada a questão de que você agora, tem diversas opções de imagem para escolher, e de áudio também. Você tem mais entrada de vídeo, e mais entrada de áudio. Isso requer que você tome mais cuidado, porque agora, você não tem uma preocupação somente com uma câmera, mas com diversas câmeras. Agora, o seu foco é manter o ritmo das escolhas das imagens, para que você possa trazer engajamento para sua transmissão.
Para que você possa fazer uma transmissão multi-câmeras, você irá precisar de um switcher. Ou seja, um equipamento que é utilizado para selecionar as imagens que você tem, através das suas câmeras. Você pode utilizar um switcher físico, ou utilizar um switcher forma de software, que é o que nós vamos utilizar agora nessa aula.
Eu organizei o meu switcher da seguinte forma: estou utilizando um software para fazer o gerenciamento, ou seja, as escolhas das imagens, tenho aqui uma placa de captura da Matrox, uma placa de captura da Blackmagic (conhecida como DeckLink), tenho também uma webcam, para que você possa ver uma demonstração de uma câmera que não necessita placa de captura, e o software que eu estou utilizando, tem uma coisa muito bacana. Ele permite que você utilize um celular ou smartphone como câmera. Você baixa um aplicativo dentro do seu celularm e ele vai enviar o sinal da câmera do celular direto para o software.
Você pode utilizar diferentes categorias de câmeras, mas não se esqueça, você precisa de uma saída limpa. Só relembrando, saída limpa, é quando você não tem as informações do visor da sua câmera saindo pelo sinal do cabo HDM, ou talvez do cabo SDI. Estou utilizando um computador com processador i7, 16GB de memória Ram e uma placa de vídeo de 4 GB, e o software permite utilizar o GPU dessa placa, para fazer o papel de encoding em forma de hardware, que ele também é muito bom. Isso alivia o peso deste processo da sua máquina, permitindo que você possa utilizar o processamento para fazer a escolha das imagens. É algo muito bom, se você puder. Mas os requerimentos mínimos que você vai encontrar no site dos fabricantes desse software, é que você tenha no mínimo um processador i5, e 8GB de memória Ram.
Eu vou ensinar como conectar suas câmeras, e fazer a seleção de uma forma prática, para que você tenha uma transmissão de sucesso. Quando você tem o switcher físico, você tem amostra todos os botões, e fica fácil você escolher as câmeras, as imagens que você quer lançar no programa. Mas quando você Tem um software para fazer a escolha das imagens, tudo está dependendo do mouse. Eu vou utilizar este teclado, que é um controlador midi. Esse aparelho vai permitir que eu substitua um switcher físico, a baixo custo. Eu posso programar essas teclas, para que eu possa selecionar de forma mais rápida, cada imagem que eu tenho aqui dentro do wirecast. Esse aparelho é uma das opções que você tem no mercado, e que pode facilitar muito na hora de você fazer as escolhas das imagens.
Agora, eu já conectei todas as minhas câmeras. Aqui eu tenho um exemplo das principais categorias que você pode utilizar para fazer a sua transmissão ao vivo. Eu tenho uma DSLR, uma Mirrorless, uma webcam e a câmera do meu celular, um Iphone 6. Eu gosto bastante de renomear as minhas tomadas. Vou ensinar como fazer isso. Você vem aqui, renomear tomada. Vou colocar Nikon  DSLR. Assim, fica mais fácil da gente identificar. Sony Mirrorless, Webcam, Iphone. Legal!
Eu vou poder selecionar essas câmeras através deste aparelho aqui. Para fazer isso, eu preciso ir para Arquivo > Preferências > Atalho de Teclado. Eu já configurei aqui Câmera Um e Câmera Dois. Vou configurar a Câmera Três para que você possa aprender. Aqui, eu posso digitar um nome que eu quiser. Caso você queira personalizar de outra forma, mas eu tô utilizando aqui Câmera Três. E aí, Designar, que é o botão três. Pronto! Vou fazer isso com todas as minhas câmeras, ou se eu quiser também, as tomadas. Caso eu tenha um vídeo que eu queira tocar, ela pode ser o o botão cinco. Quando apertar o botão cinco, vai dar no play no vídeo, uma lista de vídeo, como eu ensinei
anteriormente.
Agora que já configuramos os nossos botões, ainda falta mais um passo: designar a tomada a este botão que a gente acabou de criar. Na minha DSLR, vou selecionar o atalho? de teclado Câmera Um, e assim por diante. Legal, agora já tem um tudo programado! Já podemos começar a testar esse aparelhinho aqui. Vamos fazer um teste
agora? Cada vez que você clica no botão, a câmera muda de acordo com o botão clicado. Fica muito mais fácil, durante o evento, uma gravação, uma transmissão de um show, você poder dirigir a sua transmissão. Você pode encontrar aparelhos como este disponíveis no mercado, por preço bem acessível. Você pode achar como controlador Midi ou Launchpad. Existem diversos modelos, então você pode escolher aquele que se adequa melhor ao seu orçamento.
Agora, você já sabe como adicionar as suas imagens, e também como escolher de uma forma muito prática, utilizando um um controlador Midi. Caso você não tenha um
aparelho como este, você pode facilitar, utilizando essa ferramenta: Vá até menu superior, clique no botão Alternar > AutoLive. Você acionou agora, uma função que vai
permitir que você, ao clicar em uma tomada com mouse, entre ao vivo automaticamente. Dessa forma, estou clicando na tomada número 2, e já está entrando ao vivo aqui na minha tela. Vamos colocar aqui, você tá vendo somente a janela do programa, que é enviado para gravação e para transmissão. Só clicar em 3, 4, 2, 1... muito simples, né?

Convidei previamente um amigo para participar dessa aula, e eu vou chamá-lo através da tecnologia Rendezvous. Conforme você já aprendeu anteriormente, basta clicar no botão Mais > Criar sessão de Rendezvous. O sistema vai gerar um link, é esse link que você vai enviar para o seu convidado. Nesse caso, eu vou enviar esse link para o meu amigo. Pronto, meu convidado já recebeu o link e já conectou o seu dispositivo para participar da minha aula. E eu vou adicioná-lo de uma forma bem fácil. Basta vir até a camada, escolher dentro da aba Rede, o convidado.

Essa tecnologia permite que o seu entrevistado, coloque o nome. Essa plataforma suporta até sete conexões simultâneas. Imagine se não tivesse essa opção de você adicionar o nome, seria difícil dentro de uma lista, saber quem é quem. Então, o nome é bem importante nessa hora. Eu estou adicionando meu convidado, ele está trabalhando, e assim que eu estiver pronto, eu vou chamá-lo para que a gente possa ter uma conversa aqui, um chat bem descontraído.
Eu vou fazer alguns ajustes na tela, para que apareça a minha imagem, e a imagem do meu entrevistado. Assim, a minha audiência, aqueles que estão recebendo a minha transmissão, poderão ver as duas imagens e entender melhor como está acontecendo essa entrevista à distância. Primeiro, vou duplicar essa tomada. A partir desta cópia, eu vou fazer uma modificação na janela. Como você já aprendeu, aqui eu faço os ajustes da tomada. Eu vou adicionar a minha imagem aqui, Matrox, pronto. Tem a minha imagem aqui. Vou diminuir, para que eu possa parecer juntamente com o meu entrevistado aqui. Essa imagem ficou um pouco básica. Eu vou melhorar adicionando um um efeito de reflexão. Pronto! Eu preciso me lembrar de adicionar as duas entradas de áudio. Venho aqui minha entrada e a Lucas. Então, vou colocar ao vivo agora, vou fazer um corte.
- E aí Lucas! Deixa eu colocar meu fone.
- E aí!
- Fala Lucas, tudo bem aí?
- Fala Silas, tudo ótimo e você?
- Tudo bem! Estou fazendo uma aula aqui para os meus alunos, para ensinar como utilizar essa tecnologia Rendezvous
- Rom o que???!!!
- Rendezvous! Eu visitei o site do fabricante e procurei saber como que pronuncia. Eu não sei se eu estou pronunciando certo, mas a palavra é mais ou menos essa: Rendezvous.
- Ah, que legal! Estou aqui no Youtube tirando algumas ideias para um projeto. Muito bom, viu?!
- Legal! Você sabia que você está, neste momento, em uma tela que divide a sua imagem e a minha, com efeito de reflexão?
- Caramba! Onde você está? Desse lado aqui?
- Não! Estou no outro lado!
- Olha só, estamos pertinho então?
- É, isso aí! É uma tecnologia muito boa para a gente poder fazer entrevistas, webnário, talvez com dois professores, ou então professor e aluno. Dá para fazer muitas coisas!
- Ah, que bacana! Parece ser bem promissor!
- É, é sim!
agora vamos ver algumas
perguntas frequentes a respeito deste
tema não posso realizar uma transmissão
com câmeras de modelos e marcas
diferentes sim é claro que você pode
fazer isso mas deve-se atentar que
câmeras de marcas e modelos diferentes
um crescer e produzir que imagens
diferentes então a tem que ser a
configurar as câmeras a nos ajustes para
que elas fiquem com as imagens mais
parecidos possível assim você não terá
tanta diferença na hora de trocar entre
uma câmera e a outra você poderá
encontrar também suítes e vídeo que
oferece essa função de ajuste de cor da
que você possa deixar as imagens mais
parecidas precisa de uma internet mais
veloz para fazer uma transmissão
multi-câmera a resposta é sim quando
você está transmitindo uma imagem de uma
câmera parada uma imagem
a tática apenas uma pessoa falando essa
imagem fica muito mais fácil do em poder
compactar e enviar uma taxa de
transmissão menor quando você tem uma
transmissão multi-câmera esta imagem vai
estar mais dinâmica ou seja ela vai
estar trocando com maior frequência e
isso vai exigir uma taxa um pouco
maiorca então se você comparar um com o
outro neste caso a resposta é sim você
vai precisar de uma internet um pouco
mais rápido caso você já postou por
exemplo uma internet 15 megas de upload
já será o suficiente para você fazer uma
transmição multi cana então não se
preocupe muito com isso como eu disse
somente em comparação a transmissão
tática uma câmera parada e apenas uma
câmera é que você vai poder diferenciar
isso mas no caso no geral é algo que
você não deve se preocupar então utiliza
a internet que você já tem e veja
e ela tem o mínimo necessário para fazer
a transição na resolução que você quer
enviar preciso utilizar um filme ter
físico para fazer uma transmissão como
falamos nessa aula existem duas opções
preencher físico e o sentirem salve o
sítio físico vai te abrir algumas opções
que um software não vai te oferecer da
mesma forma que o software vai te
oferecer algumas opções que isso encher
físico não vai te oferecer ou seja fisio
mas é de quado quando você tem como
objetivo principal a cobertura do evento
que nem você tem a necessidade de fazer
algo mais mais rápido você teve mais
acesso aos botões porque você tem um
painel o vários botões que você pode
escolher de forma mais rápido então
sofri um projetor você tem a o overfull
o que é um espaço que você vai enviar o
seu sinal é
e também isso vai te facilitar naquele
momento então o seu ser físico é mais
adequado agora se você tem um só
objetivo de enviar para internet e
também gravar que esse sócios também
gravam o áudio input final a saída final
que você vai ter essa opção também porém
o seu encher em software é mais
designado a questão da transmissão ao
vivo então se o seu objetivo principal é
transmissão ao vivo então é recomendo
que você utiliza o osso encher só vai
ser mais fácil para você e vai te ajudar
nesse processo posso realizar esse tipo
de transmissão multi-câmera com câmeras
que oferecem apenas a porta hdmi 1
e o que vai definir a sua conexão
principal são suas placas de captura se
você tiver apenas placas de captura com
entrada hdmi então você poderá fazer
toda sua transmissão um câmeras que tem
somente a saída hdmi agora se você quer
partir para um lado mais profissional eu
recomendo que você utilize câmeras que
tenham saída sdi e placa de captura com
entrada essa daí porque essa conexão ela
é mais fácil de você utilizar cabos os
cabos são mais fáceis de ser encontrados
ou de você até mesmo construídos e
também tem outra questão o cabo hdmi se
alguém está andando no ambiente e ela
tropeçar no cabo ele solta imediatamente
é um cabo para utilização de um ambiente
com uma casa ou conectar um computador a
um editor é um cabo
e já o cabo sti ele vem com uma conexão
e não permite que ele se solte então uma
vez que ele está agarrado ao conector
ele não vai se soltar então ele é um
cabo mais profissional esse é um dos
principais motivos que ele é utilizado
dentro do ambiente datas registre visão
e das transmissões mais a profissionais
mas resumindo sim é possível você fazer
uma transmissão apenas um cabos hdmi
como conectar câmeras que estão muito
distantes do meu computador de
transmissão essa resposta é bem
importante e ao mesmo tempo muito
simples conforme já falamos a tecnologia
sdi-a permite que você utilize cabos
mais longos do que o hdmi esse também no
mercado uma tecnologia que utiliza fibra
óptica você tem um conversor numa ponta
e outro conversor na outra ponta que vai
permitir que você utilize um cabo e
e essa tecnologia permite que você tem
até 1km de distância que garante uma
qualidade perfeita de imagem ou seja
você não vai perder nada o preço um
pouco mais elevado talvez na sua
situação é melhor custo-benefício é a
tecnologia sdi que você pode utilizar
com tranquilidade e
e na próxima aula você vai aprender como
inserir elementos gráficos para deixar a
sua transmissão mais profissional
e aí